PURO AMOR OU AMOR PURO

25 de novembro de 2010

Muitas pessoas acham que entendem a psicologia canina e que são especialistas em cães. Mas somente quem se doa por inteiro é que sabe o significado da expressão: “fidelidade canina”.


Desde pequena sempre gostei de animais, qualquer animal conquistava minha atenção. Minha mãe nunca achou prudente uma criança ter cães, afinal, ela acreditava que aquele amor seria passageiro e que todo o trabalho e responsabilidades ficariam com ela. Cresci e o amor aos animais, também. E o sonho de ter um cão nunca acabou, ao contrário, só aumentava.

Há quatro anos descobri, realmente, o significado da expressão citada acima. Ela era do tamanho da minha mão, não tinha dentes e mais parecia um filhote de hamster. No início ela dormia o tempo todo, acho que pelo fato de ter sido afastada da mãe muito cedo. Desde a primeira noite na minha casa, ela nunca chorou. Nunca reclamou por estar longe dos irmãozinhos, como se ela soubesse que o amor que sentiríamos uma pela outra seria insuperável.

Antes de ela existir na minha vida, já tinha um nome: Sofia, que em grego significa sabedoria. E foi com toda a sabedoria que essa Yorkshire conquistou a mim e a todos que a conhecem. Vivemos assim, uma olhando para a outra; ela me lambendo com seus beijos e eu a alisando e penteando. Muitos passeios pela rua desviando das porcarias dos cães e dos humanos, leite morno nas tardes frias, pipocas proibidas nos sábados à noite. Horas de confissões e questionamentos, lágrimas minhas e dengos dela. Somos juntas, unidas, alheias às dores do mundo, eu e minha Sofia.

Eu sempre soube que os cães da raça Yorkshire eram dóceis e brincalhões, mas a Sofia é mais do que isso, ela é inteligente, obediente, vibrante, alucinadamente carinhosa e divertida. Ela não esteve meses na minha barriga, nem precisei dar de mamar a ela, mas sinto como se ela fosse um pedaço de mim, o melhor pedaço. E eu gostaria de ser apenas um pouco do que ela pensa que sou. Ela me dá amor e eu a protejo. Meu coração de mãe sente dor e amor por ela e isso não é diferente se o filho em questão tem quatro patas, pêlo abundante por todo o corpo e um rabo alegre.

Aconselho a todas as pessoas que conheço que doem seu coração a um cão, só ele sabe como curar as feridas da solidão e fazer você sorrir, quando tudo está desmoronando à sua volta. Minha vida não tem mais espaço para tristezas nem solidão, Sofia preenche todos os momentos sem pedir quase nada em troca, a não ser um afago.

Não tenho mais medo de nada. Nem da noite!


3 participações especiais:

Gigi e Lola disse...

Falou tudoooooo...mamãe também é assim, minha protetora, diz que eu sou a alma gemea dela...hihihi

TENHA UM ÓTIMO DIA...

LAMBEIJOKAS

LOLA

Sofia Aguiar disse...

Lolinha linda! Obrigada por estar por aqui. Fiquei toda toda com seu comentário, hihihi
Muitos beijos prá você e sua mamis,
Sofia

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
Passando pra desejar um abençoado Ano Novo cheio de paz e prosperidade!!!
Bjs com gostinho de início de ano

Real Time Analytics